Com que joia eu vou?

Olá, meninas!

O assunto de hoje é sobre como eleger “AQUELA” joia que vai dar um toque especial ao seu look.  Para nos dar0,,48171602-EXH,00 as melhores dicas, fui conversar com a designer de joias, Deborah Kamkhagi Supino. Ela vai ensinar o que combina em cada situação.

Segundo a especialista, antigamente usar joias era um prenúncio de boa sorte, prosperidade e charme. Em alguns povoados, acreditava-se até que elas afastavam todo o mal. “Nos dias atuais, as coisas mudaram completamente e elas são usadas no dia a dia, no trabalho ou em eventos para dar um toque de classe e elegância”.

A profissional ensina que a escolha de uma joia deve ser feita sempre de acordo com a cor do vestido, dos sapatos e da bolsa, além de escolher a tonalidade que mais combina com o tom de pele, estilo e, principalmente, a personalidade.

Veja algumas dicas básicas, mas ressaltando que o mais importante é sempre ter bom censo e preservar o estilo pessoal. Anote aí:

Brincos em ouro amarelo ou ouro branco: podem ser usados por qualquer tipo de pessoa, pois combina com todos os tipos de tons de pele.
Brincos longos: ajudam a alongar visualmente o rosto. Podem combinar com vários tipos de golas e decotes como, por exemplo: decote V, redondo, de um ombro só e tomara que caia.
Brincos com brilhantes compridos: adequados para produções mais sociais. Já os brincos com brilhantes presos na orelha são aceitos a qualquer momento e ocasião.
– Brincos de argola: são muito usados pelas mulheres combinam com todos os formatos de rosto, e servem para ser usado da feira ao baile.

A seguir, Deborah reuniu algumas sugestões sobre a joia ideal para cada formato de rosto. Mas fiquem atentas, a especialista alerta que esses acessórios permitem um uso “democrático”, por qualquer tipo pessoa e independem do ‘desenho’ facial de cada uma. “O que vale nessa hora é o bom gosto”, afirma.

Rosto Triangular: Combina com brincos pequenos, circulares e largos. Evite os brincos mais pontudos e angulares.
Rosto redondo: Permite várias opções, como os brincos grandes, longos, quadrados, angulares e até mesmo os bem assimétricos. Deixe de lado: os pequenos e argolas muito grandes.
– Rosto quadrado: Esse formato pede brincos longos, geométricos e largos, devendo evitar sempre os brincos redondos, triangulares e pequenos.
Rosto oval: Combina com brincos redondos, largos e ovais. Evite: brincos bem estreitos e com elementos pendurados.
– Rosto longo: Caem bem os brincos em formato chuveiro, aqueles redondinhos que tenham maior volume. Deixe de lado: os modelos de pingentes longos.

Tome nota….

audrey-sunglasses– Para quem usa óculos deve optar por brincos pequenos, que combinem com a roupa, e não com a armação do óculos. Já em relação às gargantilhas e colares devem estar sempre adequados ao decote da roupa.
– Se você estiver usando um colar grande e imponente, use um brinco pequeno.
– Brincos e colares não precisam fazer conjunto; mas devem falar a mesma língua e se harmonizarem entre si.
– Cordões médios e pequenos combinam com trajes esportivos e com roupas decotadas.

Durante o dia

Ousar e usar jóias coloridas vale mais para o dia a dia, e lugares informais.

 – Para o trabalho ou reuniões de negócios: vale optar por uma joia menor, discreta, porém chique. Vale ousar nos brincos de perolas, correntes com pingentes e anéis discretos.
– Faculdade: as meninas gostam de brincos grandes, porem nada de joias valiosas. Vale apostar nos indianos, ou em brincos discretos.
– Batizado, circuncisão ou em uma cerimônia: pode ate apostar em brincos com brilhantes, mas sem colares; e um anel importante.

À noite

“Nesse caso, já é permitido ousar mais!”, ensina Deborah.

Joia1– Jantar na casa de amigos ou  balada: você pode apostar em brincos grandes e coloridos, ou em colares bacanas.
– Jantar de negócios: voltamos para as joias discretas, sem ostentação.
– Sair com o namorado/marido num bar ou restaurante: pingentes que caiam bem num decote mais sexy, brincos, anéis poderosos, que sempre deixam nossas mãos mais femininas.
– 
Casamento ou festas: pode ousar e abusar das joias poderosas. Brincos de brilhantes ou com pedras: rubis, esmeraldas ou safiras.Se usar um colar poderoso, diminuir no tamanho do brinco. Pulseiras, braceletes e anéis poderosos. Tudo pode, ressaltando o bom gosto de cada uma!

Idade

“Não existe muita regra de joias para cada idade, mas há algumas sugestões sobre o que evitar”, afirma Deborah.

– Até os 30 anos: a meninada não precisa de joias tão pesadas, carregadas, com muito brilhante ou com pedras preciosas. Devem usar algo mais colorido, pingentes, anéis modernos para dois dedos e também os  de falanges, brincos cometas (que sobem no lóbulo da orelha).

Depois disso, fica elegante usar pérolas, brilhantes pequenos ou brincos compridos. Pode abusar de joias com brilhantes e pedras; e do uso de braceletes e anéis importantes, desde que se mantenha um aspecto rejuvenescido e elegante.

“Enfim… as dicas são apenas dicas… A joia mais importante é você, mulher. Use e abuse de peças que demonstrem a sua feminilidade, elegância, glamour, e o seu valor. Por que nós, mulheres, merecemos!!!”, conclui Deborah.

Gostaram? Não deixem de compartilhar suas dúvidas e truques para combinar as joias!

Contato:

Deborah Kamkhagi Supino & By Gracie
E-mail deborah_bygracie@hotmail.com

Fotos: reprodução

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s